Blog

40 séries para você assistir nessa quarentena

Oi Quarenfriends, como agora todos estamos sendo responsáveis e evitando sair de casa ao máximo, precisamos achar maneiras de ocupar nosso tempo. Para contribuir com esse tempo de coronavairus, pensei em compartilhar com vocês algo SUPER íntimo e que me deixa totalmente vulnerável, ok? Uma lista com 40 séries que vi e gostei. Sim, estou super me expondo e aguardando julgamentos. Sem mais delongas, vamos às séries:

Séries que não sei definir exatamente o gênero, mas são meio adolescentes, meio bobinhas mas 100% incríveis

O título diz tudo.

Chilling Adventures of Sabrina: se você também cresceu assistindo Sabrina nos anos 90/2000 é impossível não sentir um pouquinho de nostalgia ao assistir essa nova versão. Porém, não se engane, as duas versões são completamente diferentes e a atual é bem mais dark que a antiga, apesar de ser sim bem bobinha. Confesso que apesar de ter amado as duas primeiras temporadas, estou me arrastando para assistir a terceira.

Girlboss: essa série de apenas uma temporada conta como Sophia Amoruso acabou fundando sua empresa, a Nasty Gal. Na época que a série foi lançada houveram algumas polêmicas pois algumas pessoas diziam que ela não deveria ser endeusada e vista como uma girlboss já que tinha algumas atitudes meio babacas(?). Enfim, sem polemizar, eu achei a série bem legal e vi super rápido, portanto recomendo para quem gosta desse tipo de série.

The Politician: a fotografia e figurino dessa série são tudo pra mim. A história trata de um menino adotado por uma família riquíssima que é obcecado com a ideia de se tornar presidente dos Estados Unidos e acredita que se ele ganhar a eleição para presidente estudantil do seu colégio estará mais perto do seu objetivo. A história é toda exagerada (de um jeito legal) e tem a perfeita da Lucy Boynton com seus looks perfeitos, e o final parece preparar para uma segunda temporada muito boa.

Sex education: a minha série preferida do Netflix sem sombra de dúvidas. É uma série super leve e que trata de temas super importantes de uma maneira bem responsável. Tudo que posso dizer é: assistam assistam assistam.

I am not okay with this: a série é bem curtinha e tem episódios de 20 e poucos minutos. É sobre uma adolescente que se acha nada especial, mas depois vai descobrindo que não é bem assim. Eu amei tudo da série e vi toda num dia.

The end of the fucking world: eu adorei essa série porque ela é britânica e tem um humor meio ácido que eu amo. É sobre um menino sociopata com intenções assassinas que conhece uma menina meio rebelde sem causa e os dois acabam se aventurando por aí. Gostei da segunda temporada mais do que da primeira.

Docuseries sobre crimes

Eu não sou muito de documentários, sempre prefiro uma boa e velha historinha, mas acho que é por isso que todos aqui tratam de crimes:

Don’t fuck with cats: trata da caçada online a um cara que postava vídeos torturando e matando gatos (e depois não apenas gatos), é bem loko ver tudo que o pessoal fez e descobriu através da internet.

Killer Inside: The Mind of Aaron Hernandez: conta história da estrela do futebol americano que acabou preso por assassinato e aborda também as teorias para ele ter agido como agiu. Se você ver depois me conta se o colega dele do colégio e o pai do colega não parecem atores.

The Staircase: cara essa série me deu muita aflição. A série mostra o julgamento de um cara acusado de matar a mulher e você fica o tempo todo sem saber no que acreditar. No final da série eu já estava exausta, mas ela é realmente muito boa.

Conversations with a killer: The Ted Bundy Tapes: é uma loucura ver as entrevistas e julgamento de um dos maiores serial killers do Estados Unidos.

Tell me who I am: esse foge um pouco do tema, mas de certa maneira também envolve crimes. Um cara perde a memória quando jovem e depende de seu irmão gêmeo para aprender como tinha sido sua vida até ali, mas essa irmão nem sempre dizia a verdade. É bem legal por tem os dois irmãos contando seus lados da história e no final eles se encontram para resolver uns unfinished business.

Séries futuristas/séries de fantasia/séries de ficção científica

Esses gêneros não são muito a minha praia, mas são séries bem aleatórias que acabei vendo e gostando bastante.

The Umbrella Academy: já faz um tempo que vi e não lembro direito, só lembro que gostei muito e queria muito uma segunda temporada (que aparentemente deve sair ainda esse ano). A história traz um grupo de jovens com superpoderes que são adotados por um cientista maluco milionário quando ainda são bebês. A série começa quando eles já são jovens adultos e voltam a se encontrar quando o cientista maluco morre.

Altered Carbon: essa série é totalmente doida e se passa num futuro nada utópico onde as pessoas conseguem colocar sua consciência em chip e assim viver para sempre, passando de corpo em corpo. Eu achava tudo bem doido até que li um post sobre inteligência artificial e descobri que a série se baseava bastante no que alguns cientistas dizem ser o futuro da I.A., mas isso é papo pra outra hora. Enfim, a série tem bastante ação e é meio dark, então é bom gostar dessas coisas.

Osmosis: é uma série francesa e também futurista onde dois irmãos criam um aplicativo para as pessoas acharem o amor verdadeiro, mas a tecnologia do app ainda não tá 100% e isso desencadeia várias tretas e também tretas familiares.

Dark: a série alemã que trata de viagem no tempo é super complexa (pelo menos pra mim, ok?), eu tive que rever toda a primeira temporada quando veio a segunda. Dark é cheia de reviravoltas e mistérios e é muito boa mesmo. Mas devo admitir que eu não adorei o final da segunda temporada, porém espero ansiosamente pela terceira. 

Locke & Key: talvez essa série seja mais para crianças, mas eu adorei heheh. É sobre uma família que acaba de perder o pai e acaba se mudando para a casa onde ele passou a infância e juventude. A casa é mega antiga e o irmão menorzinho começa a descobrir que ela possui alguns segredos, existem chaves mágicas escondidas pela casa, cada uma com um “poder” diferente. Pode me julgar, mas eu goxtei mexmo.

Séries de comédia incríveis 

Eu não me dei ao trabalho de recomendar Friends porque parto do pressuposto que todo mundo já viu e ama e se não viu ou não ama eu não quero me dar ao trabalho de discutir isso com você. Mas aqui vão outras séries perfeitas, tá liberado me julgar.

Working moms: eu AMO essa série num nível….. Essa série é tudo, as protagonistas são tudo, as piadas são tudo, é tudo tudo. Além de ter uma temática super relevante – mães que trabalham fora e sentem a pressão de dar conta de tudo ao mesmo tempo – mas todos os assuntos são tratados com muito bom humor e aiai eu amo pakas.

That 70’ show: outra série que eu amo, lembro de chegar em casa do colégio e ficar vendo na Sony, aiai sdds. Caso você não saiba, a série acompanha a vida de amigos adolescentes e os acompanha até entrar na faculdade e etc. Todos os personagens são ótimos e as interações entre eles são muito boas.

Santa Clarita Diet: essa série é totalmente incompreendida (eu sei que a Victória, por exemplo, odeia) e talvez seja por isso que foi cancelada. Ela é propositalmente absurda e avacalhada, e eu juro que fico gargalhando sozinha com as situações que acontecem no meio de cada episódio. Basicamente a série mostra o que aconteceria com a vida de uma família normal se de repente a mãe virasse um zumbi. Sorry not sorry, eu amo mesmo.

Russian Doll: é mais uma daquelas séries/filmes que a pessoa fica vivendo uma mesmo dia de novo e de novo, porém o roteiro é muito bom e a protagonista é 10/10. Ansiosa estou pela segunda temporada.

Crashing: essa tem só uma temporada, infelizmente, e foi mais uma série que eu vi de um dia pro outro. Ela foi criada pela Phoebe Waller-Bridge que é apenas a rainha da comédia. Acompanha o dia a dia de uns jovens que moram num hospital abandonado na Inglaterra, eles são tipo “guardiões” do prédio para o governo, não sei se isso é algo que realmente acontece lá, mas enfim, eu adorei apesar de ficar sem um final. 

Bonding: é sobre uma jovem que trabalha como dominatrix para ajudar a pagar as contas da faculdade, ele tem um melhor amigo que é um amado e não sabe muito bem lidar com dates. Achei fofinha e engraçada.

Séries de terror

Eu amo tudo que é de terror. Sempre amei, desde pequena. Vocês não seriam capazes de acreditar na quantidade de filme ruim que eu já vi só porque era de terror. A busca pelo filme/série de terror perfeita não é fácil, mas às vezes vale a pena. Como com as séries a seguir:

The Haunting of Hill House: a melhor série do gênero que eu já vi, a história é incrível, os personagens são ótimos, assim como os atores. Eu não conseguia ver sozinha de jeito nenhum. A história parece clichê – família que morava em casa assombrada – mas eu juro que é realmente muito boa.

Scream: totalmente idiota, mas é inspirada num clássico do gênero, então dá pra aguentar umas duas temporadas (pelo menos foi o que eu aguentei).

Marianne: assim como na primeira, eu senti medo real vendo Marianne. A série é francesa e começa com uma escritora que está encerrando sua série de livros de terror, mas eventos macabros fazem com que ela tenha que voltar para sua cidade natal e então mais coisas bizarras acontecem a partir daí. A senhora demônio que aparece nos primeiros episódios é um dos personagens mais assustadores que eu já vi.

Séries de investigação policial

Eu não sei dizer quantas séries desse tipo eu já vi no Netflix. Como eles acabam fazendo várias séries com temporadas bem curtinhas eu vou vendo uma atrás da outra sem parar. Já esqueci da maioria, mas aqui vão algumas que eu consegui lembrar e acho que valem a pena:

The Sinner: a primeira temporada é perfeita sem defeitos, uma história muito doida que você fica o tempo todo sem saber como que vai se dar o desenrolar da série. É sobre uma mulher que tá numa praia num lago com sua família e do nada tem um surto e esfaqueia um estranho. A segunda temporada traz uma outra história, é legalzinha, mas não chega nem aos pés da primeira.

The Assassination of Gianni Versace: American Crime Story: conta a história do serial killer que matou o Versace. A história vem e volta no tempo e mostra também a sua infância e todos os assassinatos que ele cometeu até sua última e mais famosa vítima.

Quicksand: sobre uma adolescente que é suspeita em um tiroteio na sua escola, a série vai mostrando os eventos que culminaram no tiroteio.

La Mante: eu não consigo lembrar direito dessa, mas se não me engano tem uma senhora que era uma serial killer e foi presa e daí agora tem alguém querendo copiá-la, então a polícia precisa da ajuda dela para pegar o assassino. Acho que o filho dela é policial também. Lembro que quando terminei achei bem legal.

Dirty John: baseado numa história real de um cara meio (totalmente) psycho que começa a namorar uma mulher rica e suas filhas percebem que tem algo de errado e então descobrem várias tretas do seu passado.

Marcella: típica série de investigação criminal, mas a protagonista, que é a detetive principal do caso, tem uns traumas do passado e às vezes tem uns apagões, onde ela não se lembra nada do que fez.

Bodyguard: esse é mais de ação do que outra coisa, é sobre um cara que vira guarda-costas do presidente dos EUA, mas de repente ele é acusado de alguma coisa. Outro que eu não lembro direito, mas também é legal.

Elite: esse é bem tolinho, mas confesso que achei legal. Assassinato na escola, oh meu Deus quem será que foi. É basicamente isso, com mais alguns dramas adolescentes no meio.

Doctor Foster: essa não é de investigação policial, é drama, mas eu não queria criar uma categoria para colocar só uma série então aqui está. É sobre a doctor Foster que descobre que o seu marido está lhe traindo com uma menina bem mais nova. O cara é um babaca, mas parece que ela fica meio cray cray e a série inteira é um exemplo perfeito de como não lidar com um divórcio quando você tem filhos.

Séries que não tem no Netflix mas valem a pena

HBO

The outsider: um cara é acusado do assassinato de uma criança, mas as evidências o colocam em dois lugares ao mesmo tempo, um policial e mais alguns colegas começam uma investigação independente e descobrem mais casos parecidos.

Years and Years: acompanha a vida de uma família ao longo de 15 anos e como ela vai se transformando com as mudanças políticas e tecnológicas. É MUITO boa e bem agoniante.

Sharp Objects: uma jornalista volta para sua cidade natal pra cobrir o assassinato de uma criança. A série parece um pouco arrastada, mas o final é bem surpreendente.

His dark materials: outra série que talvez seja um pouco infantil, mas eu gostei bastante. É baseada no livro de mesmo nome, que também inspirou o filme “A bússola de ouro”. Se passa num universo alternativo e também no nosso, é bem doida, mas é legal.

Amazon Prime

Fleabag: a série que mais gostei de ver nesses últimos tempos, também é da gênia Phoebe Waller Bridge, eu não sei definir direito a série, porque ao mesmo tempo que é muito engraçada, também é um pouco triste, já que a personagem principal não está num momento muito bom na primeira temporada. A segunda temporada é simplesmente perfeita, não tenho nem comentários pra fazer. Ah e eu amo que ela tá sempre falando com a camêra.

The Office: o americano, por favor. Acompanha o dia a dia de uma empresa, o chefe é o Steve Carell e ele é totalmente sem noção. É maravilhoso.

Bom, é isso aí. Podem me julgar, assim como eu faço quando alguém fala suas séries preferidas. Vai lá no nosso insta e nos conta quais as suas séries preferidas e o que você vai maratonar nessa quarentena.

Gostou desse conteúdo?

Então com certeza vocês vai gostar da nossa Newslleter quinzenal!

Lá rola desabafos, conversas e um montão de indicações de coisas legais!

Lojinhas para acompanhar

Olá terráquea, trago notícias inéditas. Pela primeira vez na história deste blog um post será sucinto, resumido e objetivo. Vocês nos pediram (algumas vezes já

Ler post completo »

2 respostas

  1. Oi Paula!

    Na lista da Amazon Prime eu adicionaria Marvelous Mrs. Maisel. Sou completamente apaixona e torço muito pela Midge 😀

    Adorei a lista e concordo muito com ela! hehehehehehe

    1. Comecei a ver agora e estou AMANDO, muito boa mesmo! Que bom que gostou da lista heheh feita por uma fanática por séries para outras fanáticas kkkkk

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Close Bitnami banner
Bitnami