Blog

Roupa colorida pra quem odeia roupa colorida

Eu não sei você, mas eu tenho muita dificuldade em comprar e usar roupas coloridas. Talvez por ter tido experiências ruins no passado com cores que não me valorizavam e eu insistia em usar ou por estar muito confortável no preto, branco e jeans. Ok, um vermelho eu também uso de vez em quando.

De um jeito ou de outro, eu quase nunca compro roupas coloridas e portanto, não tenho e não uso roupas coloridas. Até o fatídico ano de 2020, aquele com a pandemia do Coronavírus e mais 237 coisas que não deixaram o brasileiro ter 1 dia de paz.

Estava eu, isolada vivendo como uma boa quarentener, quando percebi que precisava comprar moletons e roupas quentinhas para ficar em casa. E não sei porque (provavelmente inconscientemente influenciada por alguma blogueira) eu resolvi comprar um conjunto de moletom ~verde escuro~. Ok não é super colorido, mas não era nem preto nem branco nem cinza, e olha que tinham essas opções disponíveis.

Comprei, chegou, usei, recebi elogios. Nisso eu percebi, a cor ficou ótima em mim. Provavelmente deve estar na minha cartela de cor que não sei qual é mas queria muito saber.

Ai eu fui picada pela onda do lavanda. Vi um cardigan e uma camisa da Zara em promoção, ambos em tons de lilás e comprei. Detalhe: eu não tinha absolutamente nada em tons de lavanda no meu armário. E do novo, eu amei. Achei que ficou ótimo no meu tom de pele e inclusive, escrevo este post quentinha vestindo meu cardigan lilás.

Se estou dizendo que agora só vou comprar roupas coloridas e sair pro mercado bem árvore de natal? Não. Eu continuo priorizando roupas pretas, brancas e jeans. E um pouco de vermelho. Mas agora, também um pouquinho de lavanda e um pouco de verde escuro e um pouco de azul royal (sim, essa é a minha caçada atual, um tricot azul royal).

O que eu estou dizendo é o que falamos em vários outros posts, arrisque-se mais. Comece com uma peça mais em conta (como um moletom) e com cores mais discretas. Comece com 1 item colorido em uma cor que você amou. Tudo bem ser uma cor trendy, não tenha medo de “ah mas é uma cor modinha, logo passa e eu enjoo”. Essa peça modinha pode abrir espaço para futuras peças coloridas nada modinhas que antes você não teria nem pensado em chegar perto. Comece com um pijama colorido (sim até os meus pijamas eram brancos e cinzas). 

E outra coisa, se 1 cor der errado lembre-se que você não tem que se amar em todas as cores. Eu ainda me odeio de begezinho. Você só vai adiciona-lá a lista de cores que não funcionam pra você e seguir procurando as que funcionam. 

E mais um reminder, uma mesma cor tem milhões de tons. Não é porque você fica horrível em verde bandeira que não pode se sentir linda usando verde esmeralda.

Bom, essa foi a minha história de como comecei a usar roupas coloridas mesmo não gostando de roupas coloridas. Qual é a sua? Espero te incentivar a começar mais uma história de amor por aí também.

Obs: no começo deste blog, láaa em maio de 2019 (pense no que você estava fazendo nessa data e se sinta como a velhinha de Diário de Uma Paixão “já faz 84 anos…”) nós fazíamos vários posts na linha “X para quem odeia X” ou “X para quem ama X” mas, sem motivo aparente, acabamos abandonando esse tipo de postagem. Hoje eu trouxe ele de volta. Se você gostou e quer ler mais relatos como esse, deixo aqui os meus favoritos:

Gostou desse conteúdo?

Então com certeza vocês vai gostar da nossa Newslleter quinzenal!

Lá rola desabafos, conversas e um montão de indicações de coisas legais!

Lojinhas para acompanhar

Olá terráquea, trago notícias inéditas. Pela primeira vez na história deste blog um post será sucinto, resumido e objetivo. Vocês nos pediram (algumas vezes já

Ler post completo »

Uma resposta

  1. Ai q saco 2 dias pro natal e eu to odiando o vestido que eu comprei jesuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuus!!!!!!!!! Eu também só uso roupas com tons frios e tals porém né NÃO AGUENTO MAIS!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Close Bitnami banner
Bitnami